Programa Jovem Aprendiz: oferecendo a oportunidade do primeiro emprego, Usina Santa Adélia contribui para formar profissionais conceituados

De 24 de setembro de 2019Notícias

Formar profissionais para o mercado de trabalho é um desafio, e para a Usina Santa Adélia é parte de sua missão institucional oferecer a oportunidade do primeiro emprego, formando pessoas com a cultura da empresa.

Por meio de alguns programas, a Usina recebe jovens em busca de estágio, aprendizes e também recém-formados, como trainees. Esse pode ser apenas o início de uma longa e produtiva carreira profissional.

Programa Jovem Aprendiz – o Programa Jovem Aprendiz é voltado para o desenvolvimento de competências e inserção no mundo do trabalho do público jovem, com aulas teóricas e práticas e atuação em todas as áreas da empresa.

Entrevista: Thiago Augusto Faravelli.

“Entrei na Usina Santa Adélia em dezembro de 2011, participando de uma formação de auxiliar de Manutenção em parceria com o Senai. Participei das aulas teóricas no período da manhã com professores da instituição, que se deslocavam até a empresa para ministrar as disciplinas.

No período da tarde, realizamos as aulas práticas nos setores da Oficina Automotiva no sistema de Job Rotation. Cada aprendiz era tutorado por um técnico de Manutenção.

Após finalizarmos o curso, fomos direcionados às áreas para atuar como auxiliares de Manutenção Automotiva. Em 11 meses, realizei atividades nas áreas de Tratores, Caminhões e Hidráulica.

Na entressafra de 2012, fui convidado pelo supervisor de Manutenção para realizar os acompanhamentos das reformas de entressafra, trabalho que durou 4 meses. Finalizando a reforma, devido ao bom desempenho, fui convidado a trabalhar no Planejamento e Controle da Manutenção – PCM, como analista.

Após 2,5 anos desempenhando a função de analista, no ano de 2016, fui direcionado para participar do Projeto Sapiems, sendo key user na implantação dos sistemas PIMS e SAP. Depois de 1 ano de muito trabalho, o projeto Sapiems foi um sucesso, sendo a base sólida para informações confiáveis e direcionando nossas tomadas de decisões.

Com os sistemas implantados e seguindo a estratégia da empresa, foi realizada uma reestruturação na Manutenção Automotiva, sendo criado o setor de Engenharia de Manutenção. Em abril de 2017 fui promovido a especialista de Engenharia e Planejamento corporativo.”

No seu período de aprendizagem o que mais contribuiu com o seu desenvolvimento profissional?
A oportunidade de realizar o Job Rotation pelos processos de Manutenção e aprender com os colaboradores mais experientes contribuiu com minha carreia profissional. Essa experiência me motivou a sempre buscar o desenvolvimento profissional e me ensinou que o conhecimento deve ser distribuído, buscando desenvolver e formar novos profissionais para contribuir com a empresa.

Qual foi o maior desafio?
A inexperiência, pois uma manutenção deve ser feita com segurança, planejamento, qualidade e cumprindo os prazos e orçamento planejado. A participação ativa do tutor (técnico de Manutenção) ensinando os procedimentos corretos auxiliaram meu desenvolvimento para realizar as atividades.

Por que participar do Programa Jovem Aprendiz?
Sempre tive ótimas recomendações da empresa. Meu pai é funcionário há 20 anos e sempre me incentivou a formar uma carreira na Usina Santa Adélia. A possibilidade de ingressar em uma renomada empresa e a oportunidade de aprendizagem me motivou a se inscrever no programa.

Deixe uma resposta