A viagem de Excelência Empresarial da Usina Santa Adélia continua

De 28 de setembro de 2018Notícias

O voo com destino à Excelência Empresarial da Usina Santa Adélia continua em uma viagem incrível com todos os seus passageiros a bordo. Na manhã dia 20 de setembro, um time formado por mais de 100 colaboradores participou do II evento VOAR (Valorizar a Operação, Aumentar Resultados) deste ano. De uma maneira totalmente descontraída, os participantes conseguiram identificar inúmeros desperdícios e várias oportunidades de melhoria para as mais diversas áreas da organização. Foram apresentações, dinâmicas, atividades, música e muita diversão com alguns objetivos em comum: alcançar a rentabilidade operacional e a excelência na execução de nossos processos.

O evento reuniu diretores, gerentes, supervisores, Multiplicadores de Melhoria Contínua, colaboradores com mais de 30 anos de trabalho na empresa e pessoas que contribuíram com melhorias relacionadas ao primeiro desperdício abordado em nossa campanha: espera. E foi exatamente desta maneira que os convidados foram recebidos, com fila e muitos minutos desperdiçados esperando por alguma coisa.

E a diversão foi garantida!

Após vários minutos esperando, ao entrarem no Centro de Treinamento de Jaboticabal, local onde tudo aconteceu, os participantes tiveram seus primeiros desafios. As metas eram: fazer 6,9 litros de caldo de cana e 400 brigadeiros em 15 minutos. Teve gente parada, desperdício de matéria-prima, irregularidade de produto final, falta de organização, o procedimento de fabricação não foi respeitado… Muita coisa aconteceu.

Em seguida, a abertura foi realizada pela gerente corporativa do setor de Suprimentos e de Projetos, Edmara Marques Rodrigues da Silva, e em seguida os nossos diretores também falaram sobre o roteiro que este voo precisa seguir para que a Santa Adélia seja uma das melhores usinas do país.

Eles acharam que os desafios já tinham acabado.

Assim seria fácil demais, não é mesmo? Cinco grupos foram criados e o trabalho duro continuou em sala, com diferentes dinâmicas.

Primeira dinâmica: olhando para a Cadeia de Valor organizacional da Santa Adélia, cada colaborador teve que encontrar o seu processo e descrevê-lo brevemente. Através de post-its diferenciados por cores, ele identificava se suas atividades estavam diretamente ligadas aos produtos finais – açúcar, etanol e energia.

Segunda dinâmica: este foi o momento para fortalecer a linha de produção. O desafio era criar um avião de papel com 12 janelas e duas portas que voasse até um ponto da pista de voo do controle de qualidade.

Terceira dinâmica: esta atividade envolveu algo que não é muito comum para nós, cantar. A música Vamos VOAR, paródia da música Vamos Pular, foi cantada por todos os convidados, junto à banda ensaiada que estava nos prestigiando, formada por integrantes das áreas Agrícola e Administrativa, exclusivamente para o evento.

O avião da Qualidade foi longe!

O time que estava na sala nomeada como Qualidade foi o que garantiu o voo mais distante do avião produzido em sala.

Banda VOAR.

O encerramento ficou por conta de nossos músicos e de um momento onde o desejo de todos os participantes foi o mesmo, representado pelo grito de guerra voa Santa Adélia!

Multiplicadores de Melhoria Contínua: uniformizados e alinhados com a excelência.

No dia anterior ao evento, os Multiplicadores de Melhoria Contínua receberam os primeiros carimbos do passaporte que ganharam no I encontro do VOAR, que aconteceu em maio deste ano. O reconhecimento foi para aqueles que se envolveram com a campanha contra os desperdícios, que se dedicaram e que apresentaram resultados positivos para a companhia, todos mensurados através de números e evidenciados por meio de fotos e vídeos.

Deixe uma resposta